Como fazer rabanadas

Olá meus amores!

Como devem calcular, muitos dos doces e sobremesas que faço são baseados em receitas que estão na família há muito tempo! Basicamente aprendi a cozinhar com a minha avó, a minha mãe e a minhas tia! Esta receita não é expeçam a essa regra: por estes lados, as mulheres da família fazem rabanadas super deliciosas desde que me lembro, em qualquer altura do ano, porque todos nós gostamos!

Nesse seguimento, vou fazer uma confissão: no que toca a este tipo de doces, não gosto de inventar muito: as receitas que as nossas avós fazem dão sempre certo por isso, para quê inventar? Por isso mesmo, esta é uma receita com todo o açúcar e calorias a que temos direito!

Um dia não são dias, certo? 🙂

Ingredientes:

  • 1 cacete de pão – normalmente compro sempre um dos “próprios” para rabanadas
  • Meio litro de leite (costumo colocar a olho, mas a quantidade é mais ou menos esta e uso leite meio gordo)
  • 3 ou 4 casquinhas de limão
  • 4 colheres de sopa de açúcar
  • 1 pau de canela
  • 4 ovos
  • Açúcar e canela a gosto para “panar” as rabanadas
  • Óleo para fritar as rabanadas

Preparação:

  • Fatiar o cacete de pão em fatias generosas (uns 2-3 cm de espessura)
  • Numa panela, aquecer metade do leite com o limão, a canela e as 4 colheres de açúcar, sem deixar o leite ferver, durante 10 minutos
  • Após os 10 minutos, desligar o fogão e acrescentar o resto do leite à panela
  • Assim que o leite estiver morno, embeber as fatias de pão no leite e deixar repousar  uns 5 a 10 minutos, até que fiquem bem molezinhas
  • Fritar as rabanadas em óleo quente, mantendo o lume médio senão vão queimar a parte superficial!
  • Depois de fritar, colocar as rabanadas sob um papel absorvente, para retirar o excesso de óleo
  • Mergulhar as rabanadas na mistura do açúcar e canela e saborear enquanto estão quentinhas!

 

IMG_8093.JPG

Qual é o doce tradicional que mais gostam? As rabanadas conquistam sempre o meu coração, não há hipótese! E se forem servidas com uma calda à base de vinho do Porto? Ui, que perdição!

Espero que tenham gostado!

Um grande beijinho,

a miúda dos Caracóis

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s