Lá fora

O que fazer em Amesterdão?

Olá meus amores,

Como prometido, hoje trago-vos o meu roteiro de Amesterdão!

Quero salientar apenas alguns pontos antes, para vos ajudar a ter a melhor experiência de sempre em Amesterdão:

  • Usem o Google Maps: foi o meu melhor amigo nesta viagem e proponho-vos que façam o mesmo! Planeiem os percursos por lá e vejam se vos compensa, ou não, locomoverem-se por lá a pé!
  • Quando não andamos a pé, usamos os transportes públicos. Nós usamos um cartão carregável. Basta que carreguem o cartão, validar no início e no fim da viagem e ser-vos-à retirado o valor da viagem que fizeram. Eles contam por estações/paragens e não por zonas. São alguns cêntimos por cada viagem entre paragens, o que é bastante positivo a meu ver!
  • Não fizemos quase nenhuma refeição mais cara – a não ser que considerem caro pagar quase 9€ no Mc Donalds… Almoçamos e jantamos, maioritariamente, em supermercados (o Albert Heijn é o mais conhecido por lá e há um em cada esquina) e em restaurantes mais acessíveis. Para não gastar demasiado dinheiro mas principalmente para não perder tempo, sinceramente!

Posto isto, vamos lá ao roteiro!

 

DIA 1

Proponho que comecem por visitar a Casa de Anne Frank! Acho que é um sítio quase obrigatório a visitar da primeira vez que vamos a Amesterdão. Não podem tirar fotos dentro da casa, pelo que não tenho muito para vos mostrar. Mas acho que vale a pena ver uma vez, para pelo menos saberem como é. Confesso que esperava que fosse algo mais espectacular mas ainda assim acho que é um sítio a visitar! O bilhete custa 10€, tem acesso a um áudio-guia (existe em português) e a visita demora cerca de 1h30, com uma pequena palestra inicial e a visita propriamente dita depois. Comprem os bilhetes com antecedência – eles esgotam super rápido! Nós compramos com 2 meses de antecedência salvo erro, via site – única forma possível para comprar!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após esta visita, sugiro que sigam para a zona do Rikjsmuseum e do Museu Van Gogh! Não entrei em nenhum destes dois museus, por opção. Mas a zona circundante é bastante bonita! Parei um bocadinho perto do “lago” em frente ao Rikjsmuseum, onde têm um café e uma zona infantil. É uma zona da cidade que pessoalmente gostei bastante! É possível entrar numa parte gratuita do Rikjsmuseum, se quiserem!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Para almoço proponho a Vegan Junk Food Bar. Existe um a cerca de 10 minutos a pé. Nós gostamos bastante e tem várias opções super saborosas, para vegans e não só!

IMG-8042

Proponho que façam a Heineken Experience. É sem dúvida uma das melhores experiências que fiz na cidade! Comprem também com alguma antecedência, o bilhete comprado online custa 18€ e têm acesso a 2 bebidas no final da experiência e uma pequena prova a meio – mas não vou contar mais, acreditem que vale a pena esperar para perceber porque é que é algo tão incrível! Nós marcamos para as 14h mais ou menos – acho que conseguimos uma visita mais tranquila por estar em cima da hora de almoço! Diria que o melhor é reservarem umas 2 horas para esta visita!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Nós não compramos o bilhete combinado, mas no site podem ver as várias opções caso queiram, por exemplo, fazer um passeio pelos canais!

Por volta das 17h está na hora de se deslocarem até outro local lindo em Amesterdão: o Bloemenmarkt – mercado das tulipas, a cerca de 15 minutos a pé! É uma zona ótima para comprar souvernis!

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

DIA 2

Uma ótima dica é começar o dia por visitar o Vondelpark. É um parque enorme e lindo! Um passeio por lá renova a alma mesmo! “Perder” 1h30 ou 2h por lá não é, de todo, tempo perdido!

À medida que caminham para o centro, aproveitem também para visitar a Praça Dam! É uma praça onde está sempre tudo a acontecer e onde é muito fácil perder-se na quantidade absurda de pessoas, carros, bicicletas e motas que se vão intercetando. Se apanharem alguma festividade a acontecer em Amesterdão de certeza que a Praça Dam vai demonstrar isso! É também nesta praça que está o Madame Tussaud (Museu da Cera) – não visitei porque já visitei o de Londres e não acho que valha assim tanto a pena! Aproveitem para ver o Monumento Nacional e o Palácio Real.

Se vocês são como eu e gostam de ver algumas lojas quando visitam cidades novas, não deixem também de visitar a Primark, bem perto do centro de Amesterdão! Num dos pisos superiores tem uma zona enorme, cheia de merchandising de Amesterdão – trouxe várias coisas de lá a preços bem simpáticos!

IMG-7937.JPG

Para almoço ou simplesmente para um pequeno snack sugiro que experimentem o FEBO. É um sítio bastante engraçado de Amesterdão!

Para a parte da tarde deste dia vou sugerir-vos dois sítios que (infelizmente) não consegui visitar: o Albert Cyrup Market. Tem várias banquinhas de comida e não só: e dizem que é uma zona muito gira, na parte Sul da cidade! Se conseguirem também ir à zona de Begijnhof aproveitem! Não conseguimos ir lá infelizmente, mas é nessa zona que encontram a casa mais antiga de Amesterdão. Não sei se vocês são como eu, mas adoro ver esse género de coisas!

À noite, aproveitem para jantar no Foodhallen. Tem imensa variedade de comida ótima! Partilhei convosco, no meu Instagram, onde jantei um hambúrguer maravilhoso. Se quiserem saber mais detalhes, passem por lá!

 

Claro está que não podem abandonar Amesterdão sem visitar a Red Light District então que tal aproveitar este dia para lá ir? Se estão com algum receio, não o tenham: está sempre imensa gente nesta zona e é super tranquila!

DIA 3

Eu tiraria este terceiro dia para visitar duas zonas fora de Amesterdão:

De manhã, sugiro visitarem o Keukenhof e campos de tulipas circundantes. Fica a cerca de 1h de Amesterdão e a entrada no parque, incluindo a viagem de ida e volta fica por 30€. Se preferirem comprar o bilhete combinado com a viagem desde o aeroporto fica por 25€. No site conseguem ver o sítio onde devem apanhar o autocarro, não há que enganar! E saem mesmo em frente ao parque. Atenção que este parque só está aberto sazonalmente, nada como consultar o site para saber se vai estar aberto na altura em que lá vão estar.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

De tarde podem aproveitar para visitar uma zona linda, a cerca de 30 minutos de Amesterdão: Zaanse Schans, em Zaandam. Se apanharem o autocarro 391 demoram 45 minutos até esta pequena vila! Podem comprar o bilhete no autocarro ou usar aquele cartão carregável de que vos falei no início do artigo. Sei que a viagem fica a 5-6€ e os autocarros passam de 30 em 30 minutos, sensivelmente!

Como acabamos por chegar já a meio da tarde a esta zona, já não estava por lá quase ninguém. Se forem mais cedo ainda conseguem entrar em alguns dos moinhos e visitar a “casinhas-museus” que eles abarcam.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

De volta a Amesterdão, se quiserem uma sugestão em conta e bastante central, sugiro a Julia’s Pasta! Fica dentro da estação Central, não há o que enganar!

IMG-8507.JPG

 

E é isto meus amores! Ficaram alguns locais por visitar e ainda algumas coisas por fazer. Por isso mesmo sei que vou ter de voltar mais vezes! 🙂

Amesterdão é uma cidade maravilhosa, cheia de recantos maravilhosos mas não é muito grande. Em 3 dias conseguem ficar com uma ideia geral da cidade, sem deixar nada de relevante para trás.

Mas contem-me: estiveram em Amesterdão? O que acharam? O que mais gostaram de visitar?  Eu acho que já é uma das minhas cidades preferidas!

Um grande beijinho,

assinatura2

 

Standard

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.