Let's talk about..., Rubricas, Uncategorized

Ser bom.

 

Não costumo fazer muitos artigos destes por aqui mas enchi-me de coragem e cá vai disto.

Continuar a ler

Standard
Escape Games, Rubricas

Breakout Guimarães: vale a pena jogar?

 

33540503_1662510420537134_4247361607908196352_o

 

Olá malta!

Como prometido, hoje trago-vos um post sobre a minha visita ao Breakout Guimarães!

Continuar a ler

Standard
Let's talk about..., Rubricas

Minimalismo: 5 passos para simplificar a vida

Olá meus amores!

Como prometido, hoje trago-vos um artigo com 5 dicas para uma vida mais minimalista! Não sou, de todo, uma pessoa minimalista, mas tento aplicar estas dicas para começar a desenvolver desapego das coisas (mesmo aquelas que mais gosto) e para conseguir ter uma vida mais calma!

Talvez muitos de vocês pensem que o minimalismo é algo demasiado radical, em que é necessário fazer quase um voto para não comprar nada, não ter quaisquer tipo de bens e viver isolado da sociedade! Pelo menos para mim o minimalismo não é nada disso – serve de inspiração para o desapego, principal. Serve de motivação para ser mais inteligente em certas coisas e para conseguir fazer escolhas mais inteligentes! Por isso espero mesmo que gostem! Vamos lá às minhas dicas! Vou dividi-las em quatro áreas!

  • Tecnologia

Esta não é uma área fácil para mim, mas tenho posto em práticas algumas coisas.

  1. Computador: Em primeiro lugar tenho tentado ter o meu ambiente de trabalho do PC organizado – isto facilita imenso tanto para conseguir descobrir todos os ficheiros que tenho no meu PC, como também para perceber onde devo colocar o que descarrego (seja da minha câmara, da internet, enfim!).
  2. E-mail – Para mim é super importante não ter centenas de e-mails por ler: fico completamente perdida e nunca sei a quantas ando! Então passei a ler assim que posso os e-mails e a dar resposta também, consegui cancelar subscrição de newsletters que não me interessam e apagar e-mails que não me fazem falta.
  3. Telemóvel – Tento também organizar o meu telemóvel e vou libertando espaço, seja por apagar fotografias que já tenho guardadas no computador ou na cloud ou até mesmo apagando as aplicações que já não uso!
  4. Redes sociais – tenho tentado perceber que género de conteúdo eu gosto de ver e tento seguir pessoas que me despertam interesse. Confesso que ainda não estou 100% satisfeita com a quantidade de pessoas que sigo e a quantidade de conteúdos que leio, mas tenho tentado reduzir ao máximo para aquelas que efectivamente me interessam e o sentimento é libertador!

  • Produtos de supermercado

E não só! Todo o tipo de produtos que consumimos, até mercearias e aquelas pequenas bugigangas decorativas!

  1. Decoração: Está provado (por mim mesma né?) que ter um ambiente visualmente “livre” de demasiados produtos ajuda a sentirmo-nos mais organizados e traquilos! Por isso é muito importante “limparmos” as superfícies dos móveis lá de casa, deixá-las mais vazias e “arejadas”!
  2. Produtos de higiene e maquilhagem: Esta dica que vos vou dar deu-me imenso jeito, principalmente no que toca a artigos de maquilhagem e higiene. Estou a tentar acabar os produtos que tenho, antes de comprar novos. Se tiver um gel de limpeza inteiro, não vou comprar outro, mesmo que esteja com imensa promoção! Quando precisar até pode continuar em promoção, estar novamente em promoção ou eu mesma posso preferir de outra marca ou gama!

 

  • Roupeiro

  1. Roupa que tenho no armário: Esta talvez seja a área em que tenho mais dificuldade de aplicar o minimalismo. Tenho bastante roupa, calçado e acessórios, em perfeito estado e por isso custa-me desfazer-me de tanta coisa. Mas tenho feito um esforço por ser realista: se tenho umas calças que não uso há 3 anos, será mesmo provável que volte a vesti-las? Não me parece! Então está na hora de lhes dar uma nova vida, dando ou vendendo, por exemplo!
  2. Roupa que gostava de ter no armário: tento fazer compras mais inteligentes e isso passa por comprar peças mais básicas e que eu sei que me ficam bem, sem arriscar demasiado e tentar estar sempre na vanguarda da moda, comprar peças com qualidade que durem anos sem se estragar e comprar apenas coisas que eu preciso e me dão jeito. Algo que me tem ajudado bastante é pensar no preço por uso de cada peça. O preço por uso ajuda-nos a entender se nós vamos efetivamente usar assim tantas vezes aquela peça para compensar o dinheiro. Por exemplo: será que faz sentido comprar um acessório que vamos usar apenas num casamento? O preço por uso vai ser o preço total daquela peça. Se calhar não faz sentido! Faz mais sentido tentar pedir emprestado a alguém ou comprar algo que, não sendo o que fica melhor no nosso conjunto, vamos certamente usar muito mais vezes – menor preço por uso!
  3. Roupa que tenho espalhada por todo o lado: todos temos “aquela” cadeira, certo? Vamos lá fazer um esforço de arrumar tudo no armário, em vez de simplesmente atirarmos para a cadeira! Assim que chegamos a casa, é mais fácil colocar tudo no armário do que atirar cada coisa para seu canto com a preguiça de arrumar. Porque surprise, surprise vamos ter de arrumar mais tarde ou mais cedo!

 

  • Uso do tempo

Esta é a área em que eu tenho mais dificuldade de gerir. Porquê? Porque eu tenho imensa dificuldade em que dizer “não”. Eu tento SEMPRE encaixar tudo na minha agenda mas o tempo não estica. Então é importante priorizar a nossa vida, não dizer que sim a tudo e pensar também um bocadinho na nossa paz mental. Quando tentamos fazer 20 coisas quando só temos tempo para 15 acabamos por ficar super stressados e não fazemos nada em condições. Então é importante fazer até listas de tarefas, que sejam realistas e que nos ajudem a entender se temos tempo para fazer tudo o que temos de fazer. Isto ajuda-nos a poupar tempo que gastaríamos a refazer algo que fizemos à pressa e a ganhar tempo para nós mesmos também!

 

  • Objetivos de vida

Quem nunca teve uma lista de objetivos completamente desenquadrados da sua realidade, que nunca atingiu por não planear? Pois, eu também! No seguimento da dica das listas, é importante fazermos uma lista com 3 tipos de objetivos: a curto, médio e longo prazo! É muito mais realista dividir desta forma os objetivos! É mais fácil concretizar objectivos e alcançar determinada meta quando temos tudo escrito e estrutado, certo?

Continuar a ler

Standard
Fashion & Makeup, Rubricas

Como usar auto-bronzeador?

Olá meus amores!

Como prometido, hoje trago-vos um post sobre o uso de autobronzeador!

Continuar a ler

Standard
Let's talk about..., Rubricas

Desapego.

Já há algum tempo que tenho tentado olhar para tudo o que me rodeia de uma forma mais simples e, melhor ainda, mais leve. Tenho tentado perceber o que realmente preciso, o que realmente me poderá fazer falta e o que quero mesmo manter por perto – seja em termos materiais, emocionais, mentais.

Mas nada disto é fácil. Questionarmo-nos não é pêra doce! Não é fácil admitir que precisamos de ajustar o foco. Não é fácil aceitar que, por vezes, precisamos de ajuda para ultrapassar algum problema. Claro que é difícil admitir que se está errado! Por isso mesmo é que considero que é cada vez mais importante dar prioridade ao nosso equilibro interior, colocando-o à frente do orgulho. Perceber qual é o nosso ponto de equilíbrio e trabalha-lo até que ir ajustando o foco seja algo natural.

Mas porque é que é tão importante aceitar que precisamos ajustar o foco de vez em quando?

Continuar a ler

Standard
Escape Games, Favoritos, Rubricas, Uncategorized

Locked In: 60 minutos para assaltar um museu!

Olá meus amores!

Não é novidade nenhuma que eu sou a louca dos escape games, certo? Já visitei uma dezena deles! Hoje vou falar-vos sobre um dos jogos mais diferentes que já visitei: o Locked In!

Continuar a ler

Standard
Fashion & Makeup, Rubricas

Base da Primark – vale a pena comprar?

Olá meus amores!

Hoje venho fazer uma review de um produto que está a dar que falar aqui pela blogosfera – a base My Perfect Colour Velvet Finish Foundation!

Vou dar-vos a minha opinião e falar-vos sobre a minha experiência! Espero que gostem!

Continuar a ler

Standard